Curso de Redes Sociais - Inscreva-se Já!

Esqueça 2012. Estão dizendo que o mundo vai acabar amanhã

Você está preparado para o fim do mundo? Pois ele vai acabar amanhã. É o que promete Harold Camping, um americano de 89 anos que preside a Family Stations, emissora que produz e transmite programas religiosos para dezenas de estações de rádio nos EUA e no mundo. Fonte: Super
Segundo informações que Camping diz ter tirado de uma interpretação da Bíblia, neste sábado deve acontecer um terremoto que se espalhará pelo globo. Esse será o início da destruição da raça humana – que levará cinco meses para se completar e ainda contará com outras pragas. Em outubro, não só a Terra, mas todo o universo chegará ao seu fim.
Uma das explicações se relaciona ao Dilúvio. Em um trecho da Bíblia, Deus aparece dizendo a Noé que iria trazer o Dilúvio dentro de sete dias. Outro, no Novo Testamento, afirma que “um dia para Deus é como mil anos e mil anos como um dia”. Camping considerou que a destruição nos dias de Noé ocorreu 4990 anos antes de Cristo. Depois, somou sete mil anos a essa data e chegou ao ano de 2011.
Ele afirma que os escolhidos serão arrebatados e transportados para o paraíso. Quem não deu atenção ao aviso será deixado para sofrer na terra por cinco meses. “Finalmente, em 21 de outubro de 2011, o universo inteiro, incluindo a terra e todas as suas obras, serão queimadas, e eles nunca mais tornarão a existir”, diz o seu site (disponível em vários idiomas, inclusive português).
Harold Camping já havia predito o fim do mundo em setembro de 1994, mas não rolou. Será que desta vez vai?
Além do caô
É claro que a SUPER não leva a sério o boato espalhado por Camping. Caso contrário, terminaríamos o expediente mais cedo daríamos as melhores dicas de como sobreviver em caso de apocalipse. Mas, para todos os efeitos, a teoria do fim do mundo – mesmo que esse fim demore bastante para acontecer – parece incontestável.
Em 2010, desastres naturais mataram pelo menos 234 mil pessoas e afetaram quase outras 200 milhões no mundo. Nenhum especialista é capaz de dizer se esse número vai diminuir ou aumentar daqui para a frente, mas já se sabe que a intensidade das catástrofes vai crescer. O aquecimento global fará a temperatura subir – ela será até 3,5º C mais alta até 2035, segundo a Agência Internacional de Energia. Isso significa mais secas, enchentes, erupções, furacões destruidores e até terremotos.
Pensando por este lado, faz até sentido que o início do fim venha a partir de um grande terremoto, como reza a ladainha de Camping. Há possibilidades ainda piores: é impossível, por exemplo, escapar de tempestades solares e queda de asteroides. Se o apocalipse vier do espaço, não haverá mais muito o que se possa fazer. Talvez dê tempo de tuitar.

Curso de Redes Sociais

Postado por:

Vincent Benedicto: Diretor de SEO (Search Engine Optimization) e Marketing Online da Griff Art & Design.

Nenhum Comentário.

Comente esse Post