Curso de Redes Sociais - Inscreva-se Já!

Governos espiam cidadãos nas rede sociais, diz WikiLeaks

Cerca de 160 empresas de inteligência fariam o intermédio. E o Brasil está na lista! fonte: Administradores
Governos de ao menos 25 países espiam em massa as redes sociais, computadores e até celulares da população, conforme divulgado pelo Wikileaks nesta quinta-feira, 1. Cerca de 160 empresas de inteligência fazem o intermédio. E o Brasil está na lista.

“Na prática, essa indústria [de espionagem] não é regulamentada. Agências de inteligências, forças militares e autoridades policiais podem, de forma silenciosa, em massa e secretamente, interceptar ligações e controlar computadores sem a ajuda ou conhecimento de empresas de telecomunicações. A localização física do usuário pode ser traçada se ele tiver um telefone celular, mesmo que o aparelho esteja em stand by”, afirma o documento do Wikileaks.

O Wikileaks chamou o vazamento de projeto Spy Files (arquivos espiões). Mais informações serão publicadas esta semana e no próximo ano, informou o site. A venda de equipamentos de espionagem em massa por empresas também foi muito falada no projeto.

“Nos últimos dez anos, sistemas para espionagem indiscriminada em massa tornaram-se a regra. Empresas de inteligência como a VasTech vendem secretamente equipamentos que registram de forma permanente chamadas telefônicas de nações inteiras. Outras gravam a localização de cada telefone celular em uma cidade (…). Sistemas para infectar cada usuário do Facebook ou de smartphone de um grupo inteiro de pessoas estão no mercado de inteligência”, diz o documento do Wikileaks.

A empresa brasileira citada foi a Suntech, situada em Florianópolis. Procurada pelo UOL, ela negou a interceptação de dados em massa, que é ilegal no país. Segundo a companhia, o serviço só é realizado com autorização judicial e isso não é feito em massa. E ainda acredita ter parado na lista porque participam regularmente de um evento do setor chamado ISS (Intelligent Support Systems), assim como as outras companhias listadas.

Curso de Redes Sociais

Postado por:

Vincent Benedicto: Diretor de SEO (Search Engine Optimization) e Marketing Online da Griff Art & Design.

1 Comentário to “Governos espiam cidadãos nas rede sociais, diz WikiLeaks”

  1. […] Rede Sociais Share this:TwitterFacebookGostar disso:GostoSeja o primeiro a gostar disso […]

  2. lene Araujo disse:

    Isso não é novidade…Podem espiar,fiquem a vontade…

Comente esse Post