Curso de Redes Sociais - Inscreva-se Já!

Saiba como as redes sociais ajudam os consumidores

As redes sociais não servem apenas para compartilhar links, fotos, dizer onde está, colocar aquela frase impactante ou aquele texto revoltado com algum acontecimento. Elas também estão ao lado de clientes, de gente que gasta para obter um produto ou um serviço. Saiba como elas ajudam os consumidores. Fonte: Mundo das Tribos

As redes sociais não servem apenas para compartilhar links, fotos, dizer onde está, colocar aquela frase impactante ou aquele texto revoltado com algum acontecimento. Elas também estão ao lado de clientes, de gente que gasta para obter um produto ou um serviço. Saiba como elas ajudam os consumidores.

Foi-se tempo em que reclamações eram ditas somente no boca-a-boca ou por duas ou três cartas divulgadas na última página daqueles cadernos de cultura e diversão dos principais jornais do país. Agora, com as redes sociais, o antigo comentário entre amigos torna-se público rapidamente, agregando mais e mais pessoas. Um opina sobre aquilo, outro se pronuncia sobre isso e por aí vai. Quem ganha com isso é o consumidor, pois as empresas acabam sendo pressionadas pela opinião pública e podem tomar providências para o cenário melhorar.

Um exemplo clássico de como as redes sociais ajudam os consumidores se deu no You Tube. Oswaldo Borelli, insatisfeito com a sua geladeira Brastemp, fez um vídeo com duração de cerca de quatro minutos falando abertamente sobre a sua indignação com a empresa, que não o atendia do jeito que ele queria. Pronto: foi o suficiente para o assunto ser um dos mais falados no Twitter e óbvio, o cliente ainda recebeu apoio de muita gente que também passou a reclamar, aumentando o coro dos descontentes até mesmo com outras marcas. Após três dias de ter postado o pequeno filme, recebeu um eletrodoméstico novinho em folha. Hoje, dez meses do ocorrido, o vídeo já foi visto mais de 8 milhões de vezes e serve de exemplo para quem quer lutar pelos seus direitos.

Uma outra forma que as redes sociais ajudam os consumidores é através da aproximação do cliente com a instituição que vende os produtos ou serviços, decorrente da interação. Dessa maneira, fica bem mais fácil ouvir um pouco melhor o público, que quer ficar satisfeito com as suas aquisições.

As redes sociais também ajudam os consumidores a saberem e participar de promoções. Um grande exemplo disso está acontecendo com ingressos do Rock in Rio. Todos os convites do mega evento estão esgotados há meses e uma maneira de ir aos shows é ganhando as entradas. Inúmeras empresas, bancos e diversos sites ainda estão dando bilhetes àquelas pessoas que curtirem a página e divulgarem a fan page. O banco Itaú, por exemplo, deu mais de 60 ingressos para aqueles que criassem uma frase bacana sobre a festa da música. Os sites de compras coletivas também não param de publicar as ofertas do dia nas redes sociais.

Pelo fato de serem em tempo real, as publicações feitas nas redes sociais fazem com que os consumidores tenham acesso a novidades instantaneamente, sem maiores demoras. Academias, escolas de idiomas, cursinhos, por exemplo, sempre informam o que está acontecendo naquele momento, como dizer quem está dando tal aula ou qual palestra vai acontecer daqui a 15 minutos. Não é mais preciso ter aquela agenda de papel com a grade de eventos. Basta ter acesso às redes sociais, tanto clientes como empresas.

Curso de Redes Sociais

Postado por:

Vincent Benedicto: Diretor de SEO (Search Engine Optimization) e Marketing Online da Griff Art & Design.

Nenhum Comentário.

Comente esse Post